Yoga, ayurveda e TRE começam a fazer parte da saúde pública do DF

Práticas medicinais complementares como Laya Yoga, Ayurveda e TRE (Técnica de Redução de Estresse) começam a fazer parte da Política de Práticas Integrativas em Saúde do Distrito Federal, que é aplicada, de forma gratuita, pelo SUS.

Segundo a Secretaria de Saúde, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda a incorporação das medicinas tradicionais e complementares nos sistemas nacionais de saúde.

Em Brasília, a Política de Práticas Integrativas foi instituída em junho de 2014 e, desde então, adotou 17 práticas: Acupuntura, Arteterapia, Automassagem, Fitoterapia, Hatha Yoga, Homeopatia, Lian Gong em 18 terapias, Medicina e terapias antroposóficas, Meditação, Musicoterapia, Reiki, Shantala, Tai Chi Chuan, Terapia Comunitária Integrativa, Ayurveda, Laya Yoga e TRE (Técnica de Redução de Estresse). Atendimentos de Constelação Familiar passaram a ser oferecidos em Planaltina a partir de junho.

As Práticas Integrativas em Saúde são entendidas como tecnologias que abordam a saúde do ser humano na sua multidimencionalidade-física, mental, psíquica, afetiva e espiritual, com o objetivo de promover, manter e recuperar a saúde. Além de olhar o ser humano numa visão integral, as práticas tratam também o impacto que as relações entre familiares têm na formação de cada pessoa. São tecnologias eficazes e seguras com ênfase na escuta acolhedora, no autocuidado, no desenvolvimento do vínculo terapêutico e na integração do ser humano com o meio ambiente e a sociedade.

De acordo com o Governo do Distrito Federal, os cinco anos da política de Práticas Integrativas trouxeram “avanços significativos para a qualificação do acesso e para promover o autocuidado dos usuários do sistema”.

Entenda cada prática usada na saúde pública do DF

Laya Yoga

Laya Yoga é uma técnica de relaxamento profundo, muscular e nervoso, que promove restauração fisica, emocional e mental, reequilibra o sistema nervoso e estabelece a harmonia e o equilíbrio psicoenergético.

Atua diretamente nas emoções, que vêm dos pensamentos, e influenciam o sistema glandular, o metabolismo, o fisiologismo e o psiquismo. É o Yoga da dissolução dos condicionamentos, experiências negativas registradas no inconsciente, que sobrecarregam o sistema emocional podendo ocasionar desequilíbrios diversos.

Podemos citar como benefícios a promoção da saúde, a prevenção de agravos e o alívio de quadros como ansiedade, depressão, nervosismo, angústia, medos, insônia, fibromialgia, síndrome de pânico, síndrome de Burnout e outras doenças psicossomáticas.

Ayurveda

Ayurveda é um sistema tradicional de saúde integral, de origem na India, reconhecido pela Organização Mundial da Saúde e pelo Ministério da Saúde, que busca a integração corpo-mentenatureza por meio de métodos naturais como alimentação, orientação de estilo de vida, procedimentos manuais externos, uso de elementos naturais, recomendação de práticas de Yoga e meditação, de acordo com a constituição individual, lugar, clima, época do ano, idade, promovendo a saúde, o equilíbrio e o bem-estar. O Ayurveda é entendido no seu valor mais amplo, holístico e abrangente de procedimentos para a prevenção de doenças, preservação da saúde e promoção da longevidade.

Caracteriza-se por ser transdisciplinar e possui história e teorias próprias baseadas em 5.000 anos de experiências. Tem demonstrado ser um eficaz recurso disponível para a atenção em saúde, extensivamente documentado e validado cientificamente. Utiliza recursos naturais estimulando a conservação da biodiversidade e, em especial, das plantas medicinais. Apresenta menos efeitos colaterais e menor custo de tratamento para problemas de saúde comuns, pois visa remover as causas mais comuns como alimentação inadequada e estilo de vida, através de educação em saúde individual e coletiva.

TRE – Técnica de Redução de Estresse (Tension and Trauma Releasing Exercises)

Técnica corporal desenvolvida por David Berceli PhD, constituída por uma sequência de exercícios e posturas que ativam tremores espontâneos no corpo. Estes tremores promovem uma descarga neuromuscular dos níveis de ativação do Sistema Nervoso, relaxando o corpo e aliviando sintomas relacionados a estresse, violência e outras formas de sobrecarga emocional. Os tremores são um recurso fisiológico natural para trazer o sistema nervoso de volta a um estado de equilíbrio. Quando praticada com regularidade a T.R.E.® ajuda regular o organismo, aliviando diversos sintomas psicoemocionais, reduzindo o estresse, equilibrando o sono, aumentando a vitalidade, melhorando a qualidade de vida, promovendo saúde física e mental e ajudando a prevenir transtornos mentais em geral.

Os exercícios podem facilmente ser conduzidos por profissionais treinados, não especialistas, no âmbito da atenção primária em saúde, assim como em outros níveis de atenção. A T.R.E.® pode ser praticada em grupos beneficiando simultaneamente um grande número de pessoas, e, por ser de fácil execução, pode ser aprendida e depois praticada pelo indivíduo por conta própria em casa, promovendo o autocuidado.

Atualmente a TRE® vem sendo praticada em mais de 60 países do mundo em contextos diversos. Em alguns países a técnica é aplicada em situações de grande vulnerabilidade social e trauma coletivo como catástrofes naturais, guerras civis e campos de refugiados. A TRE® tem sido usada, também, como método de redução do estresse em profissões de risco como na polícia, no corpo de bombeiros, na segurança pública, na cruz vermelha e entre profissionais de saúde e da educação; também tem sido usada nos Estados Unidos em veteranos de guerra sobreviventes de situações de combate. Além disso, tem sido aplicada por diversos profissionais de saúde como suporte para o manejo de situações de dor, estresse e violência.

*As informações sobre as práticas são de responsabilidade do Governo do Distrito Federal

INSIGHTS DO UNIVERSO

RECEBA GRATUITAMENTE CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

Sandrine Swarowsky
Sandrine Swarowsky

Desde que fui morar na Grécia em 2008, uma série de mestres e sincronicidades me despertaram para a dimensão espiritual. Isso me levou a uma crise vocacional e a partir disto a buscas que me levaram a um encontro extraordinário: o encontro comigo mesma, uma semente que venho cultivando e que vem crescendo e que, como toda grande colheita, é para ser compartilhada! Saiba mais em Autora.