Um dos maiores expoentes da psicologia transpessoal, Claudio Naranjo, faz a passagem

O renomado psiquiatra chileno Claudio Naranjo fez a passagem na quinta-feira, dia 11 de julho, em sua residência em Barkeley, Califórnia (EUA), e o anúncio da notícia de seu falecimento foi divulgado por sua própria fundação nas redes sociais: “Pedimos que você o mantenha em mente em suas meditações e preces”- publicaram. “Que seu amor e sabedoria sempre nos acompanhem e nos permitam continuar crescendo como ele nos ensinou … bom caminho, professor”, acrescentaram.

Claudio Naranjo, 86 anos, nascido em Valparaíso (Chile) foi um dos maiores expoentes da psicologia transpessoal e da psicoterapia integrativa. Além disso, se destacou como acadêmico em várias universidades ao redor do mundo. Formou-se em medicina na Universidade do Chile, especializou-se em psiquiatria em Harvard e tornou-se pesquisador e professor da Universidade de Berkeley, ambas nos EUA. 

Como discípulo e sucessor de Fritz Perls, tornou-se líder mundial na Gestalt terapia. ​​Ele desenvolveu teorias importantes sobre tipos de personalidade, eneagrama e comportamentos sociais. Trabalhou ao lado de renomados pesquisadores, como os americanos David McClelland e Frank Barron e foi indicado ao Nobel da Paz, em 2015.  

Um de seus trabalhos mais destacados foi o livroMudar a educação para mudar o mundo“, que se tornou referência mundial em educação. Claudio Naranjo defendia a ideia de investir numa didática afetiva como saída para estimular o autoconhecimento dos alunos e formar seres autônomos e saudáveis

Ele recebeu três títulos de Doutor Honoris Causa: um pela Universidade de Udine na Italia, outro em psicologia humanista pela Universidade Concordia no México, e o terceiro pelo empenho no campo da educação na Universidade Gestalt da Cidade do México.​ Em 2007, a Fundação Claudio Naranjo foi criada.

Recentemente, ele teve uma série de complicações de saúde que o tinham em um estado delicado e publicou o livro “Ascensão e Descida da Montanha Sagrada“(disponível em espanhol), o qual começou a escrever há 40 anos e que lida com sua infância e o relacionamento difícil que teve com sua mãe.

Desde o final dos anos 90, ele participou de muitas conferências sobre educação e procurou influenciar a transformação do sistema de ensino em diversos países, impulsionado pela convicção de que nada é mais esperançoso em termos de evolução social do que o cultivo da sabedoria individual, a compaixão e a liberdade.

Fonte: The Times e Época

Tags: | | | | | | | | | | | | | |

INSIGHTS DO UNIVERSO

RECEBA GRATUITAMENTE CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

Sandrine Swarowsky
Sandrine Swarowsky

Desde que fui morar na Grécia em 2008, uma série de mestres e sincronicidades me despertaram para a dimensão espiritual. Isso me levou a uma crise vocacional e a partir disto a buscas que me levaram a um encontro extraordinário: o encontro comigo mesma, uma semente que venho cultivando e que vem crescendo e que, como toda grande colheita, é para ser compartilhada! Saiba mais em Autora.