Goiânia acolhe congresso sobre felicidade e espiritualidade com palestrantes internacionais

Com o tema Felicidade & Espiritualidade: Desafios e Valores do século XXI, aconteceu em Goiânia o XI Congresso Internacional da Associação Luso-Brasileira de Transpessoal (Alubrat) e XIII Congresso Internacional da Universidade Internacional da Paz (Unipaz).

Foram três dias de palestras, conferências, mesas redondas, oficinas e atividades culturais, facilitadas por nomes nacionais e internacionais como Fritjof Capra, Susan Andrews, Stanley KrippnerBasarab NicolescuJean Yves Leloup, May East, Roberto CremaKaká Werá e Manoel Simão, entre os mais de 30 palestrantes do Congresso, que aconteceu de 18 a 20 de outubro no Centro de Convenções da PUC-GO.

felicidade_espiritualidade

Segundo as presidentes das associações, Vera Saldanha e Hélyda Di Oliveira, felicidade e espiritualidade têm sido uma busca incessante do Ser desde os primórdios da humanidade, e é um tema extremamente atual neste início do século XXI.

O Congresso, que foi também transmitido online por meio do facebook, foi uma jornada de autoconhecimento, com reflexões, atividades e vivências para que cada participante pudesse sentir e descobrir, a partir de um verdadeiro encontro humano e espiritual, a sua fonte de felicidade genuína.

O encontro foi também uma celebração da união da ciência com a consciência e das contribuições da Psicologia Transpessoal e da Transdisciplinaridade para a humanidade e para o mundo acadêmico.

Prêmio e Homenagens

Honrando as raízes, o Congresso foi também uma homenagem ao semeador da Psicologia Transpessoal e fundador da UNIPAZ Pierre Weil e à realizadora de sonhos Dulce Magalhães. Entre as homenagens, destacou-se o Prêmio da Paz, concedido a Basarab Nicolescu como honra pelo seu legado da transdisciplinaridade, que conduz ao despertar da evolução da humanidade.


Se você gostou desse assunto, pode ser que você se interesse por esse curso que fiz e recomendo ❤️

Tags: | | | | | | | | | | | | | | | | | | | | | |

Sobre o Autor

Sandrine Swarowsky
Sandrine Swarowsky

Desde que fui morar na Grécia em 2008, uma série de mestres e sincronicidades me despertaram para a dimensão espiritual. Isso me levou a uma crise vocacional e a partir disto a buscas que me levaram a um encontro extraordinário: o encontro comigo mesma, uma semente que venho cultivando e que vem crescendo e que, como toda grande colheita, é para ser compartilhada! Saiba mais em Autora.

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *