Felicidade em tempos de Coronavírus – Por Flora Victoria

Vivemos horas de angústia e incerteza em meio a uma pandemia que já se transformou na crise mais desafiadora enfrentada pelas gerações atuais. Em um momento de tantas perdas e sofrimento, falar de felicidade pode parecer fútil, ou mesmo descabido. No entanto, tudo depende do significado que atribuímos a essa palavra. Quando falo em felicidade, não estou me referindo a um sentimento fútil e etéreo, ou a um estado passivo e ilusório, irreconciliável com a realidade. Mais do que uma emoção ou sentimento, estou falando de uma atitude proativa e positiva voltada para o aumento do bem-estar – nosso e de todas as pessoas de todo o mundo que passam por este momento difícil.

Sob esse ponto de vista, a felicidade é parte dos estados positivos que compõem o bem-estar psicológico. Basicamente, trata-se de sentir-se bem e de funcionar bem no dia a dia. Os benefícios são cruciais para o esforço de manter-se a salvo do novo coronavírus – e é a ciência que está dizendo isso. Os pesquisadores Abdurachman e Herawati publicaram um estudo chamado “O Papel do Bem-Estar Psicológico no Aumento da Resposta Imune: Um esforço Otimizado Para Lidar Com a Infecção”.  Nesse trabalho, eles selecionaram 105 estudos publicados desde 1995. E concluíram o seguinte: o bem-estar psicológico pode aumentar a resposta que o nosso sistema imunológico dá às infecções. Por outro lado, o estresse, a ansiedade e a depressão têm o efeito oposto: eles enfraquecem o sistema imunológico e nos tornam mais vulneráveis a doenças.

Há, aí, um poderoso argumento para continuar mantendo a felicidade em foco. É claro que sentir-se bem e funcionar bem no dia a dia não é fácil nesse momento em que passamos por mudanças e restrições tão drásticas. Mas é possível, sim. O distanciamento social não tem que ser, também, emocional. A preocupação pode ser contrabalançada por uma busca criativa pela regeneração e pela reinvenção. O medo e a ansiedade podem ser amenizados pela oportunidade inusitada que este momento nos traz: a de uma profunda comunhão com a humanidade, com a força que brota da fragilidade e com a esperança que subsiste à tormenta.

Flora Victoria é mestre em Psicologia Positiva Aplicada pela Universidade da Pensilvânia e Embaixadora da Felicidade no Brasil. Empresária e empreendedora, é fundadora e presidente da Sociedade Brasileira de Coaching e Trainer que já formou mais de 30 mil coaches, Flora é também palestrante e autora de diversos livros. Seu novo livro, O Tempo da Felicidade, acaba de ser lançado pela Harper Collins.

Tags: | |

Sobre o Autor

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *