Eleanor Luzes e a ciência do início da vida

A maternidade e a paternidade marcam um novo ciclo na vida de qualquer pessoa. Mas estamos preparados e conscientes suficientes para gerar, da concepção, uma sociedade mais saudável, amorosa e sustentável?

Desde que nasci até os meus primeiros quatro anos de vida, tive dificuldade de respirar, comer e dormir e isso trouxe consequências para o desenvolvimento do meu corpo e psique, o que invariavelmente me fez buscar e experimentar muitas terapias diferentes. Dentre esta jornada terapêutica, uma coisa ficou clara: o quanto a minha ancestralidade e as emoções que minha mãe experimentou durante a minha gestação influenciaram na minha vida e desenvolvimento (um dia vou escrever um post aqui contando mais sobre isto).

Por isso, para mim é uma alegria visceral compartilhar com vocês esse video da psicóloga Eleanor Luzes, pois pude experimentar em primeira pessoa muitas das informações importantes sobre a gestação e a ciência do início da vida que ela traz, e uma perspectiva importante sobre nossa evolução coletiva de família enquanto espécie.

Clique e assista!

Eleanor Luzes é Mestre em Psicologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e Doutora pelo Instituto de Psicologia da mesma Universidade, com a tese sobre a A Necessidade do Ensino da Ciência Para o Início da Vida nas escolas de ensino médio e nas universidades, membro da Association for Prenatal and Perinatal Psychology and Health (APPPAH), organização que existe há mais de 27 anos, da Rede pela Humanização do Parto e Nascimento (Rehuna), organização ativa desde 1993; é membro colaboradora do Laboratório do Imaginário Social e Educação (LISE), do Instituto de Educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Você pode encontrar o link para baixar a tese de doutorado no site “Ciência do Início da Vida“.

Tags: |

INSIGHTS DO UNIVERSO

RECEBA GRATUITAMENTE CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

Sandrine Swarowsky
Sandrine Swarowsky

Desde que fui morar na Grécia em 2008, uma série de mestres e sincronicidades me despertaram para a dimensão espiritual. Isso me levou a uma crise vocacional e a partir disto a buscas que me levaram a um encontro extraordinário: o encontro comigo mesma, uma semente que venho cultivando e que vem crescendo e que, como toda grande colheita, é para ser compartilhada! Saiba mais em Autora.