Carregando...
Psicologia

10 características das Pessoas Altamente Sensíveis

PAS-pessoas-altamente-sensiveis

Cada pessoa tem um jeito de ser, algumas se mostram mais racionais, outras mais intuitivas ou sentimentais, e tem as pessoas que sentem de maneira excepcional, que são as Pessoas Altamente Sensíveis, ou PAS.

Considerando que nos últimos 200 anos da história da humanidade priorizamos a razão como forma de conhecer e entender o mundo, é natural que as Pessoas Altamente Sensíveis se sintam um tanto extraterrestes de passagem por este mundo, ou se sintam mais frágeis, acuadas e até inadequadas, acreditando que “deveriam ser” diferente do que são, uma vez que no mundo em que vivemos sobrevive o mais forte, e muitas vezes quem fala mais alto é quem consegue o que quer.

Por outro lado, é importante lembrar que nos nossos maiores desafios costumam residir proporcionalmente nossos maiores dons, e é fundamental que as Pessoas Altamente Sensíveis percebam não só a dor mas também a delícia de ser quem são.

As Pessoas Altamente Sensíveis apresentam um sistema nervoso sensível, por isso se tornam muito mais cientes das sutilezas a sua volta, o que as faz se sentir mais sobrecarregadas quando estão em um ambiente altamente estimulante. Ao experimentar os estímulos de forma mais intensa do que a maioria, as PAS sentem também as dores emocionais com mais potência. Por outro lado, da mesma forma, essas pessoas são capazes de perceber sutilezas, alcançar profundidades que outros jamais conseguiriam acessar e podem experimentar com mais intensidade a graça e a beleza do mundo.

No livro The Highly Sensitive Person, a psicóloga Elaine Aron descreve este traço de personalidade, que de acordo com ela, se manifesta em pelo menos uma a cada cinco pessoas em todo o mundo.

Quando você sabe que você é altamente sensível, isto reconstrói a sua vida, diz Elaine.

Quem é muito sensível costuma ser mais empático, intuitivo e tem grande habilidade de sentir compaixão, entre outras características. Se você se sente assim, não precisa se esconder ou tentar ser alguém diferente de quem você é.

Para mim, foi muito importante ter lido sobre este assunto porque ao me sentir identificada, tomei consciência e entendi muitas coisas que se passavam comigo e isso me ajuda no contínuo processo de aprender a administrá-las. Além, é claro, da leveza ao saber que é natural e que muitas outras pessoas também sentem desta forma. Mas, mais importante que a serenidade deste acalento na alma, foi que percebi como é fundamental manter a higiene mental e a nutrição dos sentidos (vou falar mais sobre isso num próximo post!), pois como sinto tudo com mais intensidade, para dar conta de viver nesse mundo, preciso me nutrir conscientemente daquilo que me faz sentir bem, e isso implicar em me conhecer, respeitar meus momentos a sós para processar as informações, fazer escolhas mais conscientes, incluindo criar e gestar bons pensamentos.

Características das Pessoas Altamente Sensíveis (PAS)

Confira abaixo algumas características das pessoas PAS e veja se pode se identificar com algumas ou com todas elas:

1. São muito intuitivas

As Pessoas Altamente Sensíveis podem perceber o que se passa ao seu redor ou dentro de outra pessoa, sem uma razão lógica para o que percebem.

Por exemplo, ao entrar em contato com outra pessoa ou grupo de pessoas, podem pressentir com facilidade qual o “astral” no ambiente ou até de cada pessoa, ou ainda que tipo de conversa estava rolando antes de ela chegar.

2. Apreciam as sutilezas com facilidade

A PAS é perspicaz, pois pode perceber o que a maioria não pode. Podem, por exemplo, “sentir” quando alguém está mentindo ou escondendo algo. Além disso, podem encontrar beleza nos lugares e momentos mais inóspitos, e apreciar pequenos gestos de gentileza no dia-a-dia, que poderiam passar despercebidos para outras pessoas. Em resumo, se há uma característica que define as pessoas hiper-sensíveis é sua percepção de tudo aquilo que parece sutil demais para os outros.

3. Têm alta capacidade de empatia

Sua conexão emocional com os outros é ampla e profunda, pois demonstram grande habilidade na hora de estabelecer esse tipo de relação com os demais. Para compreender isso, valem as palavras de Peter F. Druncker: “Os verdadeiros ouvintes empáticos podem ouvir até o que se diz em silêncio. O mais importante na comunicação é ouvir o que não se está dizendo”.

4. Experimentam sensações extraordinárias

Transmitem e captam as emoções de um jeito mágico. As PAS têm uma grande capacidade de captar as sensações e emoções do ambiente em que se encontram, de maneira mais intensa que os demais.

Isso pode parecer agradável, mas nem sempre. Imagine por exemplo, uma criança (as crianças já são, por natureza, mais sensíveis do que os adultos) que tenha sensibilidade elevada e que viva em um ambiente em que há um excesso de emoções pesadas como preocupação, tristeza, etc. Ela se deixará influenciar e absorverá as emoções dos adultos ao seu redor, o que pode inclusive prejudicar a saúde do seu corpo, seu aprendizado e desenvolvimento emocional.

5. São capazes de expressar sentimentos facilmente

As PAS são capazes de descrever experiências e momentos emocionalmente intensos em sua vida com muito detalhe, graça e emoção, criando pontes e fazendo conexões com as pessoas com muito mais facilidade, fazendo com que as pessoas se sintam tocadas e identificadas com a experiência.

6. Sentem-se bem quando estão sozinhas

Quem é hiper-sensível sabe melhor do que ninguém que precisamos de momentos a sós para nos conectarmos com nosso eu interior, organizar as ideias, contemplar nossos desafios e buscar soluções, longe do burburinho e interferências externas. Elas gostam, por exemplo, de viajar sozinhas ou de ter um período só seu durante o dia, para se conectar com suas emoções.

7.  Tem conexão com trabalhos humanitários

Pessoas Altamente Sensíveis geralmente querem fazer do mundo um lugar melhor e podem canalizar seu amor, empatia e sensibilidade para trabalhos sociais e humanitários, podendo as vezes esquecer de si mesmos para ajudar os outros.

8. Choram e riem com facilidade

Suas emoções vivem à flor da pele e podem transbordar rapidamente ao se conectar com pessoas ou coisas que as suscitem. Em geral, a liberação de emoções reprimidas faz bem para o corpo e para a alma, porém é preciso ficar atento para não deixar os mergulhos profundos na tristeza se prolongarem demais, e ao mesmo tempo, não se deixar levar pela euforia a ponto de deixar de lado aspectos importantes da vida.

9. Apreciam a arte

Pessoas Altamente Sensíveis encontram na arte uma forma de entrar em contato com as sutilezas do seu próprio mundo interior. Muitos podem se tornar artistas, encontrando na música, na escrita, nas formas, desenhos e pinturas o canal por onde conseguem expressar suas percepções mais sutis.

10. São pensadores profundos

Embora sejam bastante intuitivos, o raciocínio lógico das PAS costuma ser também apurado, uma vez que precisam aprender a processar muito mais informações que recebem das pessoas e ambientes ao longo da vida, o que permite a estas pessoas ampliar o alcance da razão a níveis de percepção muito aguçados.

Quer saber mais e descobrir se você é uma Pessoa Altamente Sensível? Clique e faça agora mesmo o teste!